Samoieda – Principais Informações

Tem-se informações sobre a samoieda que as sociedades nômades empregaram esta raça faz aproximadamente cinco mil anos, na Sibéria, embora haja outras versões a respeito da origem da espécie Samoiedo. Segundo os registros, esta espécie só era capaz de ser vista em meio a estas tribos, acarretando, assim, o seu nome. Esses cães eram utilizados em práticas no pastoreio, para caçar e inclusive para empregá-los nos trenós.
Os primeiros cães da espécie Samoiedo chegaram em terras inglesas entre os anos de 1870 e 1909, contudo nem todos cães eram pedigrees. Afirma-se que essa raça se consolidou no território inglês, devido a Soberana Alexandra, que adorou o Samoiedo e fez o que pode a fim de que ele fosse popular em sua nação. Somos capazes de olhar atributos destes cães em certos pedigrees novos.
Os cães Samoiedos conquistaram a América no ano de 1906, um exemplar foi dado como presente do Grão-Duque russo Nicolau. A começar da Segunda Guerra Mundial a fama desse cão vem aumentando cada dia mais em função do seu temperamento dócil, sua bela fisionomia e suas condutas como um cachorro de puxar trenós.

informaçoes samoieda

Características Físicas do Samoiedo

Seu nariz possui um tamanho médio e uma tonalidade mais escurecida, suas orelhas são de um tamanho mediano, muito afastadas entre si, sua cabeça tem um formato de cunha e seus olhos bastante fundos; sua constituição de pelos é bastante espessa, suas patas são arredondadas e ele possui um porte bem robusto e atlético.
A cauda é extremamente bonita, possuindo uma pelagem densa e um molde enrolado sobre o lombo e inclinando para um dos lados. A expressão da face é um dos pontos mais marcantes desse cachorro – ele aparenta estar sempre dando risadas!
Seu pelo é vasto, delicado, liso e levemente volumoso. Sua coloração tradicional é o branco sólido, embora podemos notá-lo em outros matizes: branco palha, amarela, amarelada e branco, preto e branco e branco e pardo.

Temperamento do Samoiedo

Essa espécie é bem extrovertida, fazendo o que pode com o intuito de deixar as pessoas de fora e seus familiares sempre alegres! Ele tem o costume de acompanhar o dono para todo o lado, e irá almejar até mesmo deitar junto. As pessoas mais antigas amam essa espécie, porque ela tem uma facilidade em satisfazê-los e deixá-los mais felizes e, principalmente, sendo uma parceria até o fim de sua vida.
Apesar de amável, é imprescindível que o Samoiedo faça exercícios frequentes pois é um cachorro familiarizado com o trabalho intenso. Não é aconselhado mantê-lo preso em correntes ou dentro de casa ou apartamentos. Toda vez que se acham solitários ou infelizes, eles propendem a reproduzir um comportamento mais destrutivo, ladrando muito, comendo os objetos em sua vista e cavando para todos os lados.
Pela essenciabilidade de deixar o seu dono mais contente, eles poderão ser adestrados, todavia não imagine que vai ser descomplicado: eles são bastante rebeldes.
Essa espécie possui tendência a ser dominante e podem não conviver bem com outros cães de estimação!

informaçoes samoieda

Vantagens em se ter um Samoiedo

Essa raça é bastante mansa, sensível, meiga e bem sagaz! O Samoiedo dispõe de um fascínio admirável, fascinando todo mundo ao seu redor.
Esse cachorro tem a tendência de ser bastante calmo dentro da casa e vai desejar ficar próximo do dono toda hora, um forte indício de seu gigantesco afeto e amor.
Caso você receba muitos hóspedes em sua moradia, não irá precisar esquentar a cabeça em deixar preso o cão! Samoiedos são bastante afetuosos até com pessoas estranhas, eles serão atenciosos com os hóspedes dos proprietários.
Os Samoiedos são cachorros bem higiênicos e não irão dar trabalho em excesso no que se refere a banhos e tosas, ainda que sejam muito peludos e de coloração clara. Além disso, não produzem odores típicos de cachorros devido à ausência de glândulas subcutâneas. Você terá um desembolso muito menor com essa espécie, especialmente se referindo à higienização!

Pontos fracos do Samoiedo

Samoiedos requerem atividades físicas todos os dias, uma vez que são espécimes demasiadamente ativos e acostumados com trabalho difícil, para se manterem mansos.
Esses cães são muito mansos, consequentemente, se você precisa de um cachorro sentinela, jamais adquira o Samoiedo.
Os Samoiedos são travessos, entretanto, muitas vezes, exageram demais, deixando o seu dono de cabelo em pé, porque eles são bastante destrutivos em diversas situações.
Nem tente aproximar um felino do Samoiedo: esta raça não consegue se adequar a outros modelos de animais domésticos! Mas, se tiver um outro bicho em sua moradia, adestre o Samoiedo desde filhote para aceitar os amigos.
Este cão não se habitua com muita simplicidade a temperaturas bastante altas, isto deve-se à sua formação nórdica, ou seja, a climas mais gelados.
O Samoiedo tem o costume de largar bastante pelo ao redor da casa em razão da sua troca de pelo.
O Samoiedo possui muitos problemas referentes a sua saúde, como: cor esquisita no olho, orelha caída, ossos desproporcionados, pelo cacheado, características do sexo mal determinadas, displasia coxofemoral, podendo se tornar surdos, ameaça de nanismo e a retina pode apresentar uma atrofia gradativa.

Como cuidar de um Samoiedo

O Samoiedo é um cão que possui demasiada energia e necessita de gastá-la de algum jeito, se você objetiva adquirir um cachorro desta raça, esteja capacitado para passeios matinais e muitas brincadeiras! Um bom adestramento ainda vai ser imprescindível a fim de deixar o cão mais disciplinado.
E caso você possua outros animais de estimação, o ensino do Samoiedo é preciso: sem ele você vai ter um cachorro bastante antissocial, especialmente com outros cachorros.
Essa espécie tem a prioridade em viver dentro da habitação, portanto é vital que o proprietário adestre apropriadamente o cão com as regras de casa – mas fique preparado para uma atividade espinhosa, porque o Samoiedo é muito teimoso! Outra questão essencial é escovar o pelo do cachorro entre duas a três vezes por semana com a finalidade de evitar que pelos fiquem dispersos por toda casa.
Essa espécie é excessivamente inteligente e precisa de demasiado carinho do proprietário, esteja preparado para dar muita atenção e carinho a ele.

Filhotes de Samoiedo

Estes filhotinhos são bastante carentes, sempre querendo mamar e repousar muito, fora que eles são iguais a umas “bolinhas peludas”! Contudo não pense que este período é longo: em no máximo dez semanas eles estão aprontando e sendo plenos “exploradores” pra todo o lado. É neste momento que o dono tem que começar a ensiná-lo a fim de que os comandos fiquem mais comuns para o cachorro. Nessa etapa ele está mais propenso, já que é a época na qual ele se identifica com a raça que pertence e vai para um estágio de socialização com o ser humano. Após os 3 meses o Samoiedo começa a desenvolver a sua autoridade e o criador deve desenvolver o condicionamento de obediência do cachorro com mais regularidade. Decorridos 1 ano, o cão já toma uma conduta mais madura e amplia a eficiência de aprendizado, o tratador tem que reforçar o treinamento nessa fase já que eles se tornam mais agressivos.
Um filhote adequado precisa ser travesso e bastante bem-disposto. Todos os espécimes desta espécie possuem um “sorriso” em seu rosto, com o lábio escurecido e olhos amendôados. Quanto às orelhas, não se preocupe, elas só se elevarão logo após os 3 meses de vida. O rabo cai sobre seu dorso após os 2 meses.

Curiosidades a respeito do Samoiedo

Ele é visto como o cachorro nórdico mais disciplinado já observado, ele é muito agitado e ansioso, já que ele está a todo momento cavando algo, quando está neste nível emotivo.
Nos primordios da concepção dos Samoiedos, os primeiros espécimes que foram importados para o território inglês não eram completamente brancos. A maioria era de uma cor canela e ligeiramente menor que a raça genuína. A origem de determinados cachorros vieram das tribos sedentárias.
O primeiro clube especializado na raça foi originado no ano de 1920, e funciona até os dias de hoje; e, oficialmente, as primeiras importações suscederam-se no ano de 1893.
Em épocas de tempestades de neve, os Samoiedos têm a capacidade de proteger o seu focinho com a própria cauda.
A curvatura dos seus lábios dá a impressão de estarem sempre “sorrindo”..

Deixe uma resposta